“Os Maios”

O dia 1 de Maio, antes de ser o dia Mundial do Trabalhador é chamado o Dia das Maias ou o dia do Maio. Lenda religiosa ou não, é uma tradição muito antiga, ligada à primavera, aos rituais da agricultura e à fecundidade da terra e por isso era também a festa das donzelas. Nesta festa as mulheres dançavam a “charola”, um baile de roda à volta de uma árvore ou mastro florido colocado na praça pública, comandado por um mandador. A tradição propagou-se por toda a Europa e em muitos países, incluindo Portugal, há documentos medievais que provam essa transversalidade. Nos Açores, como noutras regiões, a tradição perdurou, embora com as metamorfoses próprias do passar do tempo.

Atualmente este dia ainda é celebrado, e este ano a Câmara Municipal de Vila Franca do Campo protagonizou um concurso sujeito a votação pública. A Casa do Povo de Vila Franca do Campo participou com o um casal de maios a retratar as saudosas marchas de São João da Vila.

Há várias explicações para a origem desta tradição muito antiga. Esta tradição é celebrada de maneiras diferentes de Norte a Sul do País.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.